Ação para cadastramento de comunidade tradicional é realizada pela Ação Social

Essa semana, dias 19 e 20, foi realizado pela Secretaria de Ação Social, ato para cadastramento e identificação de povos remanescentes de Quilombolas, na comunidade Baixio do meio.

O intuito, segundo a gestora do Bolsa Família da nossa cidade, Helenilda Moreira, é enquadrar esse público para conquistar benefícios e melhorias: ” Pretendemos com essa mobilização identificar os moradores no Cadastro Único, uma vez que os povos tradicionais (Quilombolas) têm uma grande quantidade de programas sociais específicos como, por exemplo, redução da tarifa de energia elétrica, entre outros” , pontuou.

Estiveram presentes também,o chefe da secretaria de Assistência Social, Alcimar Carvalho, a coordenadora do programa em Exu, Marilene Tavares, a primeira-dama Joanisa Belém (que representou o prefeito, Raimundo Saraiva), entrevistadores e servidores do Cadastro Único (CadÚnico) do nosso município.

A ação teve a parceria das Secretaria de Cultura, Obras, Agricultura, entre outros colaboradores.

      

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *